Reconhecimento
Cursos reconhecidos pelo MEC.
Tradicional
São mais de 20 anos no mercado.
Qualidade
Videoaulas com os melhores professores.
Prático
Estude no seu tempo e onde quiser.
Mais informações
Possui algum código promocional? Clique aqui
Matricule-se HOJE com descontos de até 40%!

Sobre o nosso curso

30/06/2021

Início

360 h/a

Carga Horária

R$ 449

Mensalidade a partir de

Objetivo do curso

O curso de Pós-Graduação em Auditoria Interna e Controle Governamental propõe-se a formar e atualizar auditores e agentes de controle interno com conhecimentos teóricos, obtidos a partir de uma análise crítica sobre o ambiente de controle governamental e a atuação das auditorias internas em órgãos e entidades da Administração Pública Federal, Estadual e Municipal, inclusive as suas entidades da administração indireta: autarquias, fundações e empresas públicas, apresentando contribuições para o aprimoramento das instâncias de controle interno.

Os temas abordados no curso permitirão aos discentes a atuação em áreas como: auditoria, controle interno, compliance, gestão de riscos, dentre outras.

O qualificado corpo docente, que enriquece o curso em caráter multidisciplinar, e a forma da abordagem, que concilia teoria e prática, resultarão em um alto nível de aperfeiçoamento e, consequentemente, em profissionais habilitados para exercer com qualidade e eficiência a atividade e liderança em processos de auditoria e controle interno.

Organização Curricular

MÓDULO I

INTRODUÇÃO À PRÁTICA DE AUDITORIA E CONTROLE INTERNO

ORGANIZAÇÃO E FUNDAMENTOS DA AUDITORIA E CONTROLE INTERNO
História; definição; missão de auditoria interna e do controle interno - conceitos e classificações de auditoria; o controle e a Teoria da Agência - relação de accountability no setor público versus setor privado; normas para auditoria interna - Código de Ética e os princípios fundamentais para a prática profissional; estudos sobre independência, objetividade, proficiência e zelo profissional; autoridade e responsabilidades da atividade de auditoria interna - avaliação, assessoramento e integridade; a auditoria interna e controle interno no sistema de governança.

O PROCESSO DE AUDITORIA
Conceitos básicos de auditoria; formas de atuação do auditor - avaliação, consultoria e apuração; fases e atividades desenvolvidas no processo de auditoria; planejamento anual da unidade de auditoria; planejamento individual dos trabalhos de auditoria; estudo de casos práticos.

EXECUÇÃO E RESULTADOS DA AUDITORIA
Execução da auditoria: entrevista em auditoria; modos de condução de uma entrevista; fases de uma entrevista; report.; interação com o entrevistado; preparação e logística; como ouvir melhor; registro e pós entrevista; evidências e achados; execução do plano de trabalho da auditoria; coleta de dados; atributos e natureza das evidências; avaliação das evidências; desenvolvimento dos achados; requisitos do achado de auditoria; matriz de achado; documentação em auditoria; estruturação da documentação em auditoria; qualidade da documentação; armazenamento e acesso aos documentos; relatório de auditoria; formas e estrutura; requisitos de qualidade; como elaborar recomendações efetivas; qualidade das recomendações; encaminhamento das recomendações; estratégias de divulgação dos resultados.


INTEGRIDADE: COMBATE A CORRUPÇÃO E MELHORIA DE RESULTADOS NA GESTÃO PÚBLICA
Legislação sobre integridade e setores afetos; passo a passo para implementar um programa de integridade efetivo; estudos de casos práticos na normatização e implementação de órgãos.

SEMINÁRIOS
Nesta disciplina serão apresentados temas de relevância profissional para os alunos, todos com profissionais com reconhecimento e trajetórias profissionais reconhecidas no setor. Serão abordados temas como:

Os desafios da função de auditoria interna; Os desafios da gestão para o controle – experiências de uma transição; Auditoria pública versus auditoria privada; Auditoria hospitalar – pontos de atenção; A gestão de uma unidade de auditoria interna e suas relações institucionais; Desmistificando a auditoria contínua; O que esperar do “novo auditor” do século XXI.

ESTUDOS DE CASOS PRÁTICOS DE AUDITORIA E CONTROLE
Nesta disciplina, totalmente prática, será apresentado, de forma detalhada e prática, como elaborar 10 matrizes de planejamento de auditoria e controle interno de diversos setores da administração pública.

 

MÓDULO II

AUDITORIA E CONTROLE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

CONTROLE NO SETOR PÚBLICO: FUNDAMENTOS NORMATIVOS E DOUTRINÁRIOS APLICADOS AO CONTROLE GOVERNAMENTAL
Fundamentos constitucionais e legais do controle governamental; modelo de três linhas - operação, supervisão e avaliação de controles; 1ª e 2ª linha - a responsabilidade pela gestão de riscos e controles internos; governança pública, integridade e controle – atualizações nos temas; desafios da prática; 3ª linha - auditoria interna e a atuação da CGU com base no Referencial Técnico da Atividade de Auditoria Interna Governamental do Poder Executivo Federal e Manual de Orientações Técnicas da Atividade de Auditoria Interna Governamental o Poder Executivo Federal; auditoria externa e o papel do TCU - Lei Orgânica e Regimento Interno.

DIREITO ADMINISTRATIVO APLICADO AO CONTROLE
Surgimento, evolução, conceito e relação do direito administrativo com outros ramos do direito; fontes, constitucionalização e princípios do direito administrativo; regime jurídico administrativo; estado, governo e administração pública; poderes e funções do estado; estrutura administrativa brasileira; agentes, serviços e bens públicos; responsabilidade civil extracontratual do estado; atos administrativos; contratos administrativos e licitação; controle da administração pública; processo administrativo.

PROGRAMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE EM AUDITORIA E CONTROLE INTERNO
Implementação de Programa de Gestão da Melhoria da Qualidade na Auditoria Pública; teoria e implementação de Modelo de Capacidade de Auditoria Interna - IA-CM; gestão e monitoramento da atividade de auditoria interna - indicadores e resultados.

TRANSPARÊNCIA E CONTROLE: DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO À LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS
Breve histórico da implementação da Lei de Acesso à Informação no Brasil. Estudos dos Artigos da LAI e LGPD: Conceitos, Papéis, Aplicações, Proibições, Exceções, Sanções e Legislação Complementar. Segurança da Informação e Comunicação: A contribuição da LGPD para a reflexão sobre gestão de riscos em bases de dados. O uso compartilhado de bases de dados no setor privado e na administração pública. Convergências entre tratamento de dados pessoais e transparência: Harmonizando privacidade e interesse público. Precedentes de acesso à informação relacionados a dados pessoais. Abordagem de casos práticos.

AUDITORIA E CONTROLE DE RECURSOS FEDERAIS
Contextualização das transferências da união no cenário brasileiro referencial legal; panorama: “quando”, “quem”, “onde” e “como” são repassados os recursos; fases do ciclo de vida de um convênio; plataforma “Mais Brasil”; proposição de convênios; procedimentos para solicitação de recursos; registro na plataforma +Brasil; levantamento de necessidades; programas de governo; propostas e planos de trabalho; termo de referência e projeto básico; mitigação de irregularidades e falhas na proposição; celebração de convênios: condições e vedações; empenho; conta corrente; assinatura e publicação do convênio; ordem bancária; execução de convênios; procedimentos licitatórios; pagamentos de despesas: Ordem Bancária de Transferência Voluntária (OBTV), contratos de obras, contratos de bens e serviços; principais problemas na execução de convênios: desorganização burocrática: governança e gestão ineficiente; rito licitatório inadequado: pregão presencial; falhas mais comuns em convênios; prognóstico para prevenção de falhas; encerramento do convênio; relatório de execução; ajuste de plano de trabalho; termo aditivo; finalização de movimentações financeiras; resgate das aplicações; devolução do saldo remanescente; prestação de contas do convênio; prestação de contas ao concedente; relatório de cumprimento do objeto; Tomadas de Contas Especiais - TCEs; fiscalização dos órgãos de controle; jurisprudência do TCU sobre convênios; fluxo operacional das prestações de contas; registros da execução do convênio e relatórios; envio da prestação de contas para análise; prestação de contas de convênios operados por OBTV; principais problemas nas prestações de contas; omissão da prestação de contas; não comprovação regular da aplicação dos recursos recebidos, ocorrência de desfalque e desvio de recursos; práticas de atos ilegais ou antieconômicos.

 

POLÍTICAS PÚBLICAS: AVALIAÇÃO
Ciclo das políticas públicas; diagnóstico do problema; Teoria da Agenda; desenho e caracterização da política pública (top down vs. bottom up); avaliação ex-ante; avaliação ex-post e o ciclo da política pública.

PROTEÇÃO E RESPONSABILIDADES DOS AGENTES PÚBLICOS
Lei 12.846/2013, referente à responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira; crimes previstos no Código Penal e na L 13.869/2019; estudos de casos.

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, LIDERANÇA E GESTÃO DE CONFLITOS NAS ORGANIZAÇÕES
A comunicação no processo de auditoria; comunicação verbal e comunicação não verbal; comunicação escrita - qualidades do parágrafo e argumentação; relatório de auditoria e atributos necessários; técnicas e comportamentos que contribuem para a efetividade da comunicação no âmbito dos trabalhos de auditoria.

 

MÓDULO III

AUDITORIA E CONTROLE INTERNO GOVERNAMENTAL

PREVENÇÃO E DETECÇÃO DE FRAUDES
Conceito de licitação e fraudes; diferença entre fraude e erro; condições para ocorrência da fraude e meios de comprovação da fraude em licitação; principais tipologias de fraude; formas de ocorrência de “projeto mágico”; principais entendimentos da jurisprudência dos tribunais sobre o tema; definição de edital restritivo; principais cláusulas restritivas apontadas pela doutrina e jurisprudência dos tribunais; exemplos reais de situação caracterizadora de fraude; conceito de publicidade e sua efetiva aplicação nos processos licitatórios; situações que caracterizam publicidade precária; exemplos e casos reais de restrição da competição; conceituação da fase externa da licitação, contemplando atos de habilitação, julgamento, homologação e adjudicação; apresentação das principais fraudes identificadas na etapa de julgamento da licitação; definição de cartel e exemplos de indícios que sinalizam para a sua existência em uma licitação; definição de contratação direta e formas de ocorrência da fraude; penalização a entes privados na prática da fraude; entendimentos jurisprudência sobre o tema; principais técnicas utilizadas para detectar fraudes em licitação; roteiro a ser adotado para evidenciação da fraude; cuidados necessários para manter as evidências válidas na comprovação das fraudes; modelos para elaborar um achado de auditoria.

 

AUDITORIA 4.0: METODOLOGIA ÁGIL E INFORMATIZAÇÃO
A auditoria ágil: características e estudos de casos e implementação teoria e prática na utilização de ferramentas de mineração e análise de dados.

SEMINÁRIOS AVANÇADOS

Nesta disciplina serão apresentados temas de relevância profissional para os alunos, todos com profissionais de reconhecimento e trajetórias profissionais reconhecidas no setor. 


PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA (PAINT) E RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA (RAINT)

Desenvolvimento e avaliação do PAINT e RAINT: identificação dos riscos institucionais para inserção no PAINT; planejamento, coleta de informações, elaboração de matriz de risco, elaboração de relatórios e feedback.

COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO
Compliance versus conformidade no setor público; atividades de controle; controles internos orientados a riscos; panorama normativo do tema; instâncias e funcionalidades de controles internos; avaliação e auto avaliação de controles internos; adequação e suficiência; framework COSO; normas ISO/IEC 31000 e 31010; internalização e integração entre modelos de controles internos.

Professores

Prof. Msc. GIL PINTO LOJA NETO

Mestre em Políticas Públicas e Desenvolvimento pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada-IPEA, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, graduado pela Academia da Força Aérea-AFA, especializado em táticas de combate aéreo, com MBA em Engenharia Econômica e Administração Industrial, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, também especializado em Gestão de Empresas e Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing-ESPM e especialista em Gestão de Hospitais Universitários pelo Instituto Sírio e Libanês de Ensino e Pesquisa.  Participou do Programa de combate a corrupção para Funcionários do Governo brasileiro, em parceria com o governo dos EUA, Washington DC. Auditor federal da Controladoria Geral da União-CGU, atuou como CEO da Auditoria do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação- MEC. Auditor Geral da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares- EBSERH do Ministério da Educação, responsável pela atuação das unidades de auditoria interna dos Hospitais Universitários administrados pela Empresa em todo Brasil, atualmente é Superintendente de Auditoria Interna da Dataprev.

Prof Msc. FRANCISCO BESSA: 

Economista e Mestre em Controladoria pela Universidade Federal do Ceará. Formado pelo Curso de Altos Estudos em Política e Estratégia da Escola Superior de Guerra e pelo Programa Minerva de Economia da George Washington University (EUA). Foi Superintendente Financeiro do Banco do Nordeste do Brasil, Presidente da Empresa de Assistência Técnica Rural do Estado do Ceará e Secretário Federal de Controle Interno da CGU. Atualmente ocupa o cargo de chefe da Assessoria Especial de Controle Interno do Ministério da Economia. Professor Universitário de graduação na União Pioneira de Integração Social (UPIS) nas disciplinas “Contabilidade Gerencial” e “Mercado Financeiro”. Professor de cursos de especialização com disciplinas nas áreas de governança, controles internos e auditoria.

Prof. Msc. VALMIR GOMES DIAS

Mestre em Administração pela Universidade Federal da Bahia, com especialização em Controladoria e Finanças pela Mackenzie-Rio e Graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Espírito Santo. Integra o corpo docente da Pós Graduação Lato Sensu em Controle, Detecção e Repressão a Desvios de Recursos Públicos, da Universidade Federal de Lavras em parceria com a CGU. Desde 2007, é Auditor Federal de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União, tendo atuado na execução, coordenação e supervisão de auditorias e ações de prevenção e combate à corrupção. Exerce atualmente o cargo de Ouvidor-Geral da União, tendo sido designado Encarregado pelo tratamento de dados pessoais no âmbito da Controladoria-Geral da União, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Prof. Dr. Almir de Oliveira Junior 

Doutor em Sociologia e Política pela UFMG (2007), pós-doutorado na área de Administração pela UnB (2018). Desde 2009, é servidor do quadro do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, IPEA, onde é gerente de risco na Assessoria de Planejamento e Articulação Institucional e professor-orientador no Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Desenvolvimento.

Profa. Dra. Roberta Cordeiro

Juíza de Direito do TJDF. Mestre em Direito Constitucional pelo Instituto Brasiliense de Direito Público,  Doutora em Direito e Políticas Públicas pelo Uniceub - em 2020. Atualmente é professora da Escola da Magistratura (cursos de pós-graduação) e do Instituto Brasiliense de Direito Público nos cursos de Graduação e Pós-graduação e no UniCEUB (graduação e Pós-graduação "lato sensu"). Professora de Direito Penal na Pós-graduação da ATAME de Brasília, com ênfase em Direito Penal e Direito Processual Penal. Publicação: Livro TJDFT Juiz de Direito Substituto - Questões dos últimos concursos com gabaritos comentados - Série Provas Comentados. Editora Verbo Jurídico

Prof. Dr. Marcio Evangelista Ferreira da Silva

Juiz de Direito do TJDFT. Doutor e Mestre em Direito pelo UniCeub/DF. Professor de Direito Penal no Curso de Direito do IESB/DF, professor de Direito Administrativo no Curso de Gestão do UniCeub/DF,  professor de Direito Penal/Legislação Penal Especial na Escola da Magistratura do DF.  Juiz Auxiliar da Presidência do TJDF. Atuou como jJuiz Auxiliar da Corregedoria do TJDFT, Juiz Auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, juiz Auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça e conselheiro Suplente do Conselho Nacional de Arquivos.

Prof. Msc.Bruno Dantas Faria Affonso

Advogado, Especialista e Mestre em Administração Pública e Auditor Governamental. Edita diariamente o Ementário de Gestão Pública, informativo de referência para milhares de gestores públicos de todas as esferas e poderes. É instrutor da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), professor convidado da FACE/UnB e leciona em nível de pós-graduação em instituições particulares. Atua em iniciativas de capacitação desde 2012, ministrando aulas de Direito Administrativo, Ética Pública, Auditoria Governamental, Governança, Gestão de Riscos e Controles, Projetos, Business Intelligence, Logística Pública, Gestão de Pessoas e Regime Jurídico Único. Coautor de “Lei Geral de Proteção de Dados: estudos sobre um novo cenário de governança corporativa” (Editora Fórum) e diversos artigos.

Prof. Msc. Tiago Chaves Oliveira

Auditor Federal de Finanças e Controle, Coordenador-Geral de Planejamento, Avaliação e Monitoramento da Secretaria Federal de Controle Interno da Controladoria-Geral da União (CGU). Mestre em Governança e Desenvolvimento pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Bacharel em Ciência da Computação com MBA em Gestão de Projetos de Engenharia de Software. Certificado em Auditoria Governamental (CGAP-IIA), em gestão de riscos (C31000 e CRISK) e em Gerenciamento de Projetos (PMP-PMI). Autor do Guia de Gerenciamento de Portfólios e Projetos do Governo Federal. Atua na temática de Auditoria e Gerenciamento de Projetos como praticante, professor e facilitador.

Prof Especialista SERGIO FILGUEIRAS DE PAULA

Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília, com MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão pela Fundação Getúlio Vargas. Auditor Federal de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União desde 1998, atuou, entre outras funções, como Coordenador-Geral de Auditoria de Recursos Externos e atualmente exerce o cargo de Coordenador-Geral de Métodos, Capacitação e Qualidade da Secretaria Federal de Controle Interno da CGU, responsável diretamente pela condução do Programa de Gestão e Melhoria da Qualidade da Atividade de Auditoria Interna da CGU, bem como líder em avaliações de maturidade de auditorias baseado no modelo IA-CM (Internal Audit Capability Model) do Instituto dos Auditores Internos.  Palestrante em temas de Governança, Gestão de Riscos e Auditoria Interna. É um dos idealizadores e responsáveis por diversos cursos oferecidos pela CGU como: Gestão de Riscos e Controles Internos; Normas Internacionais de Auditoria Financeira; Planejamento de Auditoria Baseado em Riscos; Técnicas de Auditoria; Documentação de Auditoria; Relatórios de Auditoria; e Modelo de Capacidade IA-CM.

Prof. Dr MARCOS BRAGA

Doutor em Políticas Públicas, Estratégia e Desenvolvimento (PPED/IE/UFRJ) e Mestre em Educação ( UnB) na linha de Políticas Públicas e gestão da Educação Básica. Auditor Federal de Finanças e Controle do quadro da CGU. Autor dos livros "tudo sobre controle " e "Vale quanto pesa", ambos lance dos em 2021 pela Editora Fórum. Com experiência como gestor de auditoria interna em várias organizações federais.

Prof. Msc. Rodrigo Fontenelle:

Auditor Federal de Finanças e Controle da CGU, atualmente é Controlador-Geral do Estado de MG, presidente do Conselho Fiscal do BDMG e Coordenador-Executivo da Rede de Controle e Combate à Corrupção do Estado de Minas Gerais – ARCCO. Foi chefe da Assessoria Especial de Controle Interno do Ministério do Planejamento entre 2016 e 2018, responsável pela implantação do Programa de Integridade e Gestão de Riscos naquele Ministério. Mestre em Contabilidade (UnB). Pós-graduado em Finanças (Ibmec) e Auditoria Financeira (UnB/TCU). Bacharel em Ciências Econômicas pela UFMG. É professor da Fundação Dom Cabral e também atua como instrutor na ENAP. É autor dos livros Implementando a Gestão de Riscos no Setor Público (Ed. Fórum) e Auditoria Privada e Governamental (Ed. Impetus, 4ª edição) e possui quatro certificações internacionais: Certified Government Auditing Professional –CGAP, Certified Internal Auditor – CIA, Certification in Control Self-Assessment – CCSA e Certification in Risk Management Assurance - CRMA, todas emitidas pelo The Institute of Internal Auditors (IIA). 

Entre outros convidados.
*Nominata sujeita a alterações.

Conheça alguns dos grandes nomes da Verbo
Ives Gandra Martins
Advogado
Sérgio Cavalieri Filho
Desembargador/RJ
Elpídio Donizetti
Desembargador/MG
Alexandre Salim
Promotor de Justiça
Nestor Távora
Advogado
Fábio Roque
Juiz Federal
Matheus Carvalho
Procurador da Fazenda
Christiano Cassetari
Advogado
Marcilio Guedes Drummond
Advogado
Nelson Nery Jr.
Advogado
Alexandre Freitas Câmara
Desembargador
Henrique Correia
Procurador do Trabalho
João Pedro Gebran
Desembargador TRF/4
Josiane Minardi
Advogada
Rodolfo Hartmann
Juiz Federal
Carlos Henrique Bezerra Leite
Desembargador TRT/ES
Daniel Amorim Assumpção
Advogado
Rogério Sanches
Promotor de Justiça/SP
Rogério Greco
Procurador
Baixe o e-book
10 motivos para iniciar sua Pós!

Assista a uma amostra de aula

Perguntas
Frequentes

  • Quais são os requisitos para ingressar nos cursos de Pós-Graduação?
    Segundo o art. 1º, §1º da resolução CNE/CES nº 1 de 06/04/2018, os cursos de pós-graduação lato sensu são abertos a candidatos diplomados em cursos de graduação ou demais cursos superiores, devendo a data de colação de grau ser anterior ao início do curso de Pós-Graduação do seu interesse.
  • Quais os documentos necessários a realização da matrícula nos cursos?
    Após a realização da matrícula, você deverá digitalizar os documentos e realizar o upload dos arquivos na plataforma acadêmica São eles: - Diploma de graduação ou da Declaração de Conclusão de Curso Superior (com indicação da data da colação de grau), sendo obrigatório o upload do Diploma no período de duração do curso sob pena de não ser certificado ao final do curso; - Histórico de conclusão de curso; - CPF(Cadastro de Pessoa Física;) - Documento de identidade com foto (RG, CNH, CTPS); - Certidão de casamento (em caso de mudança de nome);
  • Os cursos de Pós-Graduação são reconhecidos pelo MEC?
    Os cursos de Pós-Graduação da Faculdade VERBO são reconhecidos pelo MEC pela Portaria nº 913, de 17/08/2016 e Portaria nº 1.010, de 20/05/2019.
  • Quais os documentos necessários a realização da matrícula nos cursos?
    Após a realização da matrícula, você deverá digitalizar os documentos e realizar o upload dos arquivos na plataforma acadêmica São eles: - Diploma de graduação ou da Declaração de Conclusão de Curso Superior (com indicação da data da colação de grau), sendo obrigatório o upload do Diploma no período de duração do curso sob pena de não ser certificado ao final do curso; - Histórico de conclusão de curso; - CPF - Cadastro de Pessoa Física; - Documento de identidade com foto (RG, CNH, CTPS); - Certidão de casamento (em caso de mudança de nome);
  • É possível obter um atestado de matrícula?
    A partir da realização da matrícula no curso, e pagamento da 1ª parcela, o atestado de matrícula poderá ser emitido, no decorrer do curso, diretamente junto ao Portal do Aluno.
  • Qual a duração dos cursos?
    Os cursos contam com a duração de 12 meses, conforme calendário do curso, podendo solicitar a produção do Trabalho de Conclusão de Curso no decorrer do mesmo e então o ajuste do tempo de duração do curso. Após a finalização do curso, tendo obtido a aprovação necessária, será possível a solicitação de uma Declaração de Aprovação do curso enquanto se aguarda a emissão do Certificado de Conclusão.
  • Quais os requisitos mínimos para reprodução dos vídeos?
    O principal requisito é uma conexão de internet estável e com pelo menos 2Mbps de velocidade. A tecnologia 3G/4G é desaconselhada em função do volume de dados trafegados. Você ainda vai precisar de navegador atualizado (preferencialmente Google Chrome, Mozilla, Internet Explorer ou Safari) e algum aplicativo para abertura dos materiais em pdf, como o Acrobat Reader. Qualquer dificuldade, você poderá entrar em contato com o nosso Suporte Técnico diretamente através do Ambiente Virtual de Aprendizagem.
  • As videoaulas podem ser visualizadas por quanto tempo e quantas vezes?
    A disponibilização das videoaulas é realizada gradativamente no decorrer do curso, permanecendo no ambiente de aprendizagem do aluno até a entrega do certificado. A partir do momento em que estiver disponível, poderá ser visualizada no período de duração do curso com acesso ilimitado.
  • Os cursos contam com materiais de apoio?
    Materiais de apoio que auxiliam no estudo e aprofundamento dos temas estudados são disponibilizados como complemento às aulas. Além disso, está disponível uma BIBLIOTECA VIRTUAL exclusiva, incluindo conteúdos atuais e relevantes sobre temas relacionados ao curso e entrevistas com grandes nomes do direito.
  • Como é realizado a interação com os professores e tutoria?
    As dúvidas poderão ser encaminhadas diretamente através do Ambiente Virtual de Aprendizagem, com retorno em até 48 horas.
  • Como são realizadas as atividades avaliativas?
    O sistema de avaliação consiste na realização de uma avaliação online realizada ao término do período letivo do curso, em data estabelecida, conforme calendário acadêmico, sendo exigido nota mínima de 7,0 (sete) em cada disciplina para aprovação. Em caso de nota inferior a 7,0 (sete) em alguma disciplina, poderá ser realizada uma avaliação de recuperação da disciplina, sem custo adicional. Também faz parte do sistema de avaliação frequência mínima de 75%, que é computada com base no número de aulas efetivamente visualizadas pelo aluno.
  • Como funciona a dispensa do Trabalho de Conclusão de Curso?
    Conforme resolução CNE/CES nº 1 de 06/04/2018, a realização do Trabalho de Conclusão de Curso não mais é considerada obrigatória, ficando a critério do aluno sua realização.
  • Como ter mais tempo para a visualização das aulas e/ou realização da avaliação final de curso?
    No decorrer do curso, o aluno poderá solicitar a prorrogação - ou seja, novo prazo para a visualização de aulas e/ou a realização da avaliação final de curso -, contando com a prorrogação de seus prazos por 1 (um) semestre letivo, subsequente ao de seu calendário acadêmico.
  • Os cursos de Pós-Graduação contam com a realização de estágio?
    O estágio pode ser realizado junto aos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Verbo Jurídico como atividade opcional, como forma de complementação do ensino e aprendizagem.
Ver tudo
Matricule-se HOJE com descontos de até 40%!
Saiba mais
×