Saiu! Foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul  desta segunda-feira, dia 30 de outubro, o edital da Polícia Militar do Rio Grande do Sul para abertura de concurso público para a Brigada Militar do Estado.

O que mais chama a atenção no concurso é o número de vagas:  são oferecidas  4.100 (quatro mil e cem) vagas de Praça de Polícia Ostensiva – Soldado de 1ª Classe – QPM-1 (Carreira de Nível Médio) e 450 vagas de Bombeiro Militar na graduação de Soldado de 1ª Classe.

A banca organizadora escolhida foi a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (FUNDATEC) e as inscrições ficam abertas exclusivamente pela Internet, a partir desta terça-feira, dia 31 de outubro e serão encerradas no dia 20 de novembro de 2017. Os candidatos devem inscrever-se  pelo site da organizadora. A taxa está fixada no valor de R$ 80.

O vencimento na graduação de Soldado da Brigada Militar/ Bombeiro Militar na graduação de Soldado de 1ª Classe equivale ao valor de R$ 3.760,54 (três mil setecentos e sessenta reais e cinqüenta e quatro centavos), além das demais vantagens propiciadas pelo cargo. A jornada de trabalho é de 40 (quarenta) horas semanais, exceto no período em que estiver no Curso Básico de Formação Policial Militar, no qual a jornada será de acordo com o Currículo de Ensino e Regimento Interno das Escolas.

São atribuições do cargo de Militar Estadual na graduação de Soldado de 1ª Classe – Carreira de Nível Médio, entre outras previstas em Lei, executar as atividades de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública.

 Já para Bombeiro Militar na graduação de Soldado de 1ª Classe são 450 vagas, e dentre as atribuições do profissional estão executar as atividades de prevenção e combate a incêndios de busca e salvamento e defesa civil.

Além de ensino médio completo de escolaridade, é preciso ter idade mínima de 18 anos e máxima de 25 anos de idade, até o último dia da inscrição para o Concurso; possuir a altura mínima de 1,65m para candidatos do sexo masculino, e 1,60m para candidatas do sexo feminino; ser portador de Carteira Nacional de Habilitação ou permissão para dirigir dentro do prazo de validade, que lhe permita conduzir veículo automotor durante o Curso de Formação Básica Policial Militar, classificada no mínimo na Categoria “B”, até o dia previsto em Edital para a entrega da documentação quando formalizada a Posse/Inclusão na Brigada Militar.

O Concurso constará de 04 (quatro) fases distintas, a saber:

  • 1ª Fase – Exame Intelectual;
  • 2ª Fase – Exame de Saúde;
  • 3ª Fase – Exame de Capacitação Física;
  • 4ª Fase – Exame Psicológico, composto por duas etapas obrigatórias: 1ª Etapa – Testagem Coletiva;  2ª Etapa – Entrevista Individual.

Caso não se obtenha os quantitativos referentes à reserva de vagas para negros e pardos, serão chamados candidatos da lista geral para compor o total de 6.500 (seis mil e quinhentos) primeiros candidatos.

O Exame Intelectual será realizado nos municípios de Porto Alegre e/ou Canoas, Gravataí, Cachoeirinha, Novo Hamburgo e São Leopoldo, na data, horário e local a serem divulgados através de Edital ou Aviso, publicado no Diário Oficial do Estado, no prazo mínimo de 08 (oito) dias de antecedência da data da prova. A data prevista para aplicação do Exame é 17 de dezembro de 2017. O Exame Intelectual constará de prova de caráter classificatório e eliminatório, com 50 (cinqüenta) questões objetivas, elaboradas de acordo com o Programa e Bibliografias do Anexo I do edital.

O prazo de validade do Concurso será de 2 (dois) anos, contados a partir da data de publicação da Homologação do Resultado Final do Concurso, podendo ser renovado por igual período.

Comentários

Comentários

Share.

About Author

Juliana Passuello

Estudante de Direito da URGS e Jornalista.

Comments are closed.