Foi publicado no dia 24 de outubro, no Diário Eletrônico da Justiça, o resultado preliminar da prova objetiva feita para o 1º Concurso Público Nacional Unificado para a Magistratura do Trabalho. A prova foi aplicada no dia 8 de outubro, em várias cidades do país.

Ao todo, a prova teve mais de 11 mil participantes, dos quais apenas 2.495 (na concorrência geral) atingiram a nota mínima exigida para passar para a próxima etapa. Nas vagas reservadas às pessoas com deficiência, foram 32 selecionados e nas vagas destinadas aos negros, 233 candidatos compõem a lista. O acesso à lista é por esse link.

A Comissão responsável pela organização do certame recebeu 1.614 recursos contestando especificamente 78 das 100 questões que foram aplicadas nessa primeira etapa da seleção. O número representa aproximadamente um recurso para cada 6,9 candidatos.

A sessão que julgará a procedência (ou não) dos recursos será realizada no dia 9 de novembro, às 14h. A sessão será transmitida ao vivo na Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat) – responsável pela organização do concurso.

O resultado final da prova objetiva será conhecido apenas após a sessão de julgamento dos questionamentos. A convocação dos candidatos aprovados e resultado final serão divulgados no dia 17 de novembro. A linha de corte prevista na resolução que regulamenta o concurso, é de mil candidatos (incluindo todos os que estiverem empatados na última posição).

A segunda etapa, que inclui provas discursiva e de sentença, ocorrerá nos dias 2 e 3 de dezembro. Se você superou essa primeira etapa, conte conosco para a sua preparação no restante do certame. Os nossos cursos para a segunda etapa já estão disponíveis, é só clicar aqui. Boa sorte a todos!

Comentários

Comentários

Share.

About Author

Juliana Passuello

Estudante de Direito da URGS e Jornalista.

Comments are closed.