Confira os principais concursos previstos para 2016

ABIN

A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) formalizou desde abril de 2014 o pedido de abertura de concurso público ao MPOG. A proposta da Agência é o provimento 200 cargos de Oficial de Inteligência, 150 de Oficial Técnico de Inteligência, 50 de Agente de Inteligência e 70 de Agente Técnico de Inteligência, todos do plano de carreira e cargos da ABIN. Não irá demorar muito para que o governo se manifeste sobre este certame.

ANTT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres já tem pedido formalizado no Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, em tramitação desde junho de 2014. A meta da agência reguladora é preencher pelo menos 670 vagas em cargos ainda não especificados. Como o pedido é ainda incipiente, o melhor a fazer neste momento é continuar estudando com base no último certame, realizado em 2013.

BANCO CENTRAL

A Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos Públicos (ANPAC) afirma que um novo concurso do Banco Central do Brasil será lançado em 2016, para provimento de vagas para Analistas e Técnicos do Bacen deve ser autorizado.
Apesar de contar com cerca de 4.085 funcionários na ativa, o quadro do Banco está longe de ser satisfatório. O déficit de servidores estimado é grande: aproximadamente 2.393 cargos vagos. Essa situação tem sido frequentemente apontada pela representação sindical dos funcionários do Banco Central (SINAL), como um dos indicativos para que sejam planejados novos concursos, já que a necessidade imediata é de que pelo menos duas mil vagas sejam abertas.

BANCO DO BRASIL

Existe a possibilidade do Banco do Brasil divulgar novo edital em breve. Não há informação oficial a respeito, mas caso se confirme, provavelmente devam ser abertas vagas para unidades localizadas nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Amazonas, Alagoas, Bahia, Minas Gerais, Santa Catarina, ou mesmo outros.
A exigência mínima para concorrer ao cargo de Escriturário é que os candidatos possuam o nível médio completo.

CAIXA

Ainda não há, oficialmente, previsão de concurso para a Caixa Econômica Federal em 2016. Especulações fantasiosas precisam ser evitadas, principalmente porque o Brasil passou em 2015 por um momento de “entressafra” de concursos públicos. No entanto, não podemos descuidar de indicar a tônica do momento: é preciso planejar os estudos com uma boa antecedência.

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

Prossegue sendo muito aguardada a liberação de autorização para o novo concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com a solicitação feita no segundo trimestre de 2014 (30/05), o objetivo do órgão é preencher pelo menos 1.500 vagas de Policial Rodoviário, cargo que exige graduação em qualquer área e CNH categoria “B” em diante.

CORREIOS

Apesar do concurso dos Correios ter sido suspenso, os candidatos que aguardam o edital devem continuar com os estudos. O edital estava previsto para ser divulgado em 2015, com oferta de 2 mil vagas para o cargo de Agente de Correios, nas atividades de Carteiro e Operador de Triagem e Transbordo (OTT), de nível médio.

RECEITA FEDERAL

A Receita Federal do Brasil abrirá novo concurso público a qualquer momento. No entanto, o primeiro passo concreto ainda precisa ser concluído: aguarda-se a autorização por parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). O pedido de concurso para pelo menos 3.000 vagas ainda não obteve resposta positiva do Ministério, lembrando que, desse total, 2.000 seriam somente para Auditor-Fiscal e as demais para Analista-Tributário.

MINISTÉRIO DA FAZENDA

O concurso do Ministério da Fazenda ainda é bastante aguardado por candidatos de todo o Brasil. Apesar da suspensão de novos concursos por parte do Governo Federal, o processo de pedido de autorização para realização do certame continua a tramitar no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
A proposta da pasta é preencher quase 4 mil vagas, sendo 3.500 para os cargos de Assistente técnico-administrativo e Analista técnico-administrativo (médio e superior, respectivamente. Das demais vagas seriam para outros cargos de nível superior, tais como Contador, Engenheiro, Arquiteto, Arquivista/arquivologista, Psicólogo, Pedagogo, Analista em tecnologia da informação, Matemático e Médico.

Comentários

Comentários

Share.

About Author

Juliana Passuello

Estudante de Direito da URGS e Jornalista.

Comments are closed.